Prêmio Minha Casa Minha Vida

Sobre a iniciativa

O Prêmio Minha Casa, Minha Vida, visa valorizar empreendimentos habitacionais que contribuam para o aperfeiçoamento da qualidade, habitabilidade e sustentabilidade na produção de Habitação de Interesse Social no Brasil.

Para a premiação, foram previstas 7 categorias:

1. Qualidade Urbanística: empreendimentos habitacionais que apresentem padrão superior de inserção urbana, com localização central na cidade e disponibilidade de infraestrutura existente, com maior oferta de equipamentos públicos de educação, saúde, assistência social, esporte, cultura e lazer, além de diversidade de comércios e serviços.​

2. Qualidade do Projeto: soluções de projeto para o empreendimento que permitam maior conforto e salubridade para as famílias (melhor aproveitamento da área interna, ventilação e iluminação natural, por exemplo); que proponham diversidade de volumes e fachadas, evitando repetição massiva de casas/edificações.

3. Inovação: empreendimentos habitacionais que adotem sistemas ou materiais construtivos inovadores capazes de propiciar melhorias no desempenho, redução do tempo de execução ou de custo, dentre outras.

4. Soluções Sustentáveis: empreendimentos habitacionais que apresentem soluções visando maior eficiência energética, reaproveitamento das águas, adequada destinação e aproveitamento de resíduos sólidos, controle na emissão de carbono, além de prever o plantio de árvores, aproveitamento de mata nativa, soluções baseadas na natureza, dentre outras.

5. Inclusão Social: soluções habitacionais para populações de grupos sociais com necessidades específicas, como comunidades tradicionais, remanescentes de quilombos e povos indígenas; agricultores familiares, trabalhadores rurais e as famílias residentes em área rural; população em situação de rua; atendimento a famílias que tenha perdido a moradia em razão de desastres naturais; famílias residentes em área de risco; ou famílias em deslocamento involuntário em razão de obras públicas federais.

6. Gestão Local: ações que demonstrem maior engajamento do Ente público local, por meio do aporte de contrapartidas para a execução de obras que ofereçam serviços adicionais para as famílias, como equipamentos públicos adicionais aos já exigidos. Podem ser consideradas também soluções que estejam inseridas em um conjunto de ações setoriais integradas para desenvolvimento urbano pelo Ente público local.

7. Financiamento para Sustentabilidade: operações de financiamento de projetos de construção ou reforma de edifícios que adotem princípios sustentáveis, atrelados ao cumprimento de metas Environmental, Social and Governance (ESG). Devem apresentar baixo impacto ambiental, tais como elevado desempenho energético e baixa emissão de gases do efeito estufa. Deve adotar medidas para reduzir o consumo de energia e água, sob boas práticas de governança corporativa, propiciando transformação social para os seus moradores.

Serão premiados dois empreendimentos em cada categoria, totalizando 14 premiações, cujos selecionados receberão troféus e certificados conforme as categorias, não envolvendo premiação pecuniária.

Comunidade

Jessica  GamaRicardoMatheus MaiaDanielAndiara Campanhoni

Redes sociais